Implicações da alterações climáticas

Implicações da alterações climáticas

landscape-790644_960_720

Ao longo da curta história da Humanidade as alterações climáticas fizeram-se sentir e tiveram marcas muito profundas em todo o nosso processo evolutivo.

No passado ocorreram na maior parte dos casos por motivos alheios ao Homem mas em alguns casos por intervenção humana.

Aqueles que não se lembram do passado estão condenados a repeti-lo.”

George Santayana

https://sol.sapo.pt/artigo/62637/maias-alteracoes-climaticas-foram-fatais-para-civilizacao

https://www.publico.pt/2011/01/17/ciencia/noticia/alteracoes-climaticas-podem-estar-na-origem-da-ascensao-e-queda-do-imperio-romano-1475639

Neste século as alterações climáticas são um dos desafios mais importantes que se coloca à humanidade e de acordo com a resposta e o esforço que for efetivo assim será determinado o nosso futuro.

A União Europeia é um dos blocos mundiais mais favorável a tomar medidas que evitem o agravamento da situação existente. O objetivo, a longo prazo, da União Europeia é evitar que a temperatura global aumente mais de dois graus acima do nível da era pré-industrial. Isso significa, de acordo com a Agência Europeia do Ambiente, que até 2050, o mundo tem de reduzir as emissões de gases com efeito de estufa pelo menos 15%..

Nesta situação os EUA e a China que são os principais emissores de Co2 a nível mundial terão que efetuar bastantes alterações na sua política ambiental para estarem de acordo com aquilo que é previsto pela Agência Europeia do Ambiente.

A União Europeia cumpriu o compromisso assumido no protocolo de Quioto de, em 2000 estabilizar as emissões de CO2, em níveis aproximados aos de 1990, apesar de alguns Estados-membros os terem ultrapassado.

A principal prioridade é reduzir a longo prazo, até 70% as emissões, através da inovação e do desenvolvimento científico e tecnológico, que possibilitem manter a prosperidade económica e simultaneamente reduzir as emissões de gases,

https://www.publico.pt/mundo/jornal/maiores-emissores-de-co2-estao-entre-os-paises-que-ja-aderiram-a-copenhaga-18719481

A nível comunitário e nacional, têm sido tomadas medidas que visam diminuir as emissões de gases com efeito de estufa, desta forma, possibilita a redução do risco de agravar o aquecimento da atmosfera que, já começa a ter consequências reais sobre os padrões climáticos.

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-01-18-Temperatura-media-de-2016-foi-a-mais-alta-desde-que-ha-registos

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s