Alargamento a Leste:

Alargamento a Leste:

Só foi possível no princípio da década de 90, com a queda dos regimes comunistas;

https://pt.wikipedia.org/wiki/Revoluções_de_1989

A adesão dos novos estados-membros, tal como a dos novos países candidatos dependem de determinadas condições a cumprir antes da adesão. Estas condições dizem respeito a aspetos políticos e económicos e à capacidade de transposição, para o direito interno de cada país de todas as normas políticas comunitárias, de modo a não colocar em causa os objetivos comunitários e caminhar no sentido de uma união cada vez mais efetiva e profunda.

 

Critérios de Copenhaga:

  • Que o país candidato disponha de instituições estáveis que garantam a democracia, o Estado de direito, os direitos humanos, e o respeito pelas minorias e a sua proteção- Critério politico;
  • Que o país candidato tenha uma economia de mercado em funcionamento e a capacidade para responder à pressão da concorrência e às forças de mercado dentro da EU – critério económico;
  • A capacidade dos candidatos para assumirem as suas obrigações, incluindo a adesão aos objetivos de união politica, económica e monetária- critério jurídico;

 

Apoios comunitários à adesão dos países a leste…

  • Aumento substancialmente as ajudas financeiras de pré-adesão;
  • Abriu alguns programas comunitários;
  • Criou dois novos instrumentos específicos:
  • O IEPA- instrumento estrutural de pré-adesão. Destinado a financiar a convergência com as normas comunitárias de infraestruturas em matéria doe transportes e ambiente;
  • O SAPARD- programa especial para a agricultura e desenvolvimento rural;

 

  • Reforçou o PHRA – polónia e Hungria: assistência para recuperar a economia;

Alargamento: desafios e oportunidades:

  • A expansão do mercado único que passou de cerca de 370 milhões de para quase 500 milhões de consumidores;
  • O reforço da posição da união no contexto político internacional e no mercado mundial;
  • A superfície e a população aumentaram significativamente;
  • Deu-se um empobrecimento em teros gerais, pois na maioria dos novos países-membros, o PIB por habitante era bastante inferior à média comunitária.
  • A maior heterogeneidade económica, social e cultural implica, agora, maiores esforços de conciliação de interesses, na procura de consensos e na tomada de decisão;
  • Necessidade de adaptação das principais políticas comunitárias e da composição e funcionamento das instituições da união europeia.

Para Portugal, desafios e oportunidades:

                Com o alargamento, Portugal enfrentou também novos desafios. Geograficamente, tornou-se mais periférico e, desde logo, viram reduzidos os fundos estruturais, já que a média comunitária do PIB por habitante baixou e algumas regiões portuguesas situam-se, agora, acima dela. Além disso, há maior concorrência para as exportações portuguesas e na captação de investimento estrangeiro, pois os novos estados-membros tem algumas vantagens:

  • Encontram-se de um modo geral, mais perto dos países da EU com maior poder de compra;
  • Possuem mão-de-obra instruída e qualificada e, em alguns casos, com remuneração média inferior;
  • Alguns desses países apresentam uma maior produtividade do trabalho;

 

No entanto, os novos estados-membros têm economias menos desenvolvidas e Portugal apresenta algumas vantagens atrativas para o investimento estrangeiro e importantes para a competitividade das empresas:

  • Melhores infraestruturas e estruturas produtivas mais organizadas;
  • Maior desenvolvimento social;
  • Maior estabilidade política e económica;
  • Um sistema bancário mais eficiente e credível;

 

 

Para vencer o desafio, há que aproveitar as oportunidades e mais-valias dos alargamentos:

  • Maior possibilidade de internacionalização da economia portuguesa e alargamento do potencial mercado consumidor de produtos portugueses;
  • Participação no maior mercado comum do mundo, que abre oportunidades a Portugal, tanto na europa como a nível mundial;

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s