Papel das TIC no dinamismo dos espaços geográficos

Papel das TIC no dinamismo dos espaços geográficos

Vivemos hoje, numa denominada “sociedade da informação”, cuja existência depende do desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) com impacto na educação, na ciência, no lazer e nos transportes, entre vários setores que poderiam ser enunciados. O acesso às TIC revela-se, dessa forma, fundamental para o desenvolvimento equilibrado da sociedade e do território, desempenhando um papel nova na criação de emprego e de riqueza.

Com a implementação das TIC e em particular a internet, o mundo em que vivemos tornou-se mais global, sem fronteiras, e os contactos entre regiões são cada vez mais intensos e frequentes, apesar das enormes distâncias que as podem separar.

A difusão e acesso às novas tecnologias e de comunicação assentam num conjunto  de infraestruturas que, nos últimos anos, têm sofrido profunda evolução, responsável por verdadeiras revoluções neste setor, que constantemente nos surpreendem e mudam as nossas vidas.

A história do desenvolvimento das telecomunicações remonta às descobertas científicas que tiveram lugar ao longo do século XIX. Foram as descobertas na área do electromagnetismo que criaram as condições para o aparecimento do primeiro sistema de telecomunicações baseado na electricidade, como foi o caso do telégrafo, cuja patente foi registada em 1837, segue-se a invenção do telefone e pouco depois  descoberta da rádio, por Marconi.

A televisão a funcionar desde 1947, constitui um meio revolucionário no âmbito das telecomunicações. A “caixa mágica” leva a todos os lugares do mundo, mesmo os mais inacessíveis, informação, divulgação de conhecimento e modos e estilos de vida.

Finalmente, no último quartel do século XX difundiu-se a utilização dos computadores e a ligação à internet que colocaram a sociedade numa nova étapa evolutiva. A era dos computadores e da cibernética.

A informação passa a vencer todas as distâncias e barreiras e passa a estar acessível a um nº cada vez maior de pessoas e em quantidades cada vez maiores. A comunicação passa a ser em tempo real.

As TIC vieram revolucionar o nosso modo de vida e de estar em sociedade. Aparecem novas formas de trabalho como o teletrabalho, a robótica por outro lado começa a automatizar as tarefas e a implementação do telecomércio e do e-business começam a fazer parte do nosso quotidiano. O seu impacto ainda hoje se está sentir com desajustamentos entre a oferta e procura de trabalho que leva em alguns países a níveis preocupantes de desemprego.

Em 1957, foi lançado o primeiro satélite artificial Sputnik 1. Em 1962 foi lançado o satélite americano Telstar que permite transmissão televisiva via satélite.

Em meados da década de 60 do século XX foram lançaods para o espaço os primeiros satélites geostacionários que substituiram, com vantagem, as ligações efetuadas através de fios de cobre.

A base das telecomunicações atual é determinada pelos satélites.

No final do século XX, o fio de cobre é subsituido pelo cabo de fibra ótica. Estes cabos permitem a transmissão de um enorme volume de informação com grande qualidade.

Os sistemas de satélites mais utilizados atualmente são o GPS – Global Positioning System (Sistema de posicionamento global), de origem americana, e o russo GLONASS. Face à dependência do GPS americano a União Europeia, encontra-se atualmente, a desenvolver o programa GALILEO da radionavegação por satélite.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s