Fatores condicionantes da distribuição da população

Fatores condicionantes da distribuição da população

  • Fatores Favoráveis Naturais
  1. Clima ameno – Grande parte da população mundial vive nas regiões temperadas. A maioria da população vive junto ao mar devido à moderação do clima. A temperatura média do mundo é 150.
  2. Relevo Suave – 90% da população mundial vive abaixo dos 40metros, nas terras altas e acidentadas pouca gente vive devido às dificuldades das comunicações e ao rigor do clima.
  3. Solo Fértil – Os solos agrícolas não são distribuídos em grande quantidade por todo o mundo, daí os povos instalarem-se junto aos solos mais férteis.
  4. Subsolo Rico – Quando existem recursos de minério o homem instala-se junto às principais explorações mineiras à sempre desenvolvimento.
  5. Existência de água – É o recurso principal para a existência humana. Daí o homem instalar-se junto a rios ou onde existem toalhas freáticas. A distribuição, a obtenção e o tratamento da água é um dos problemas mas difíceis na atualidade.
  • Fatores Favoráveis Humanos
  1. Paz – É um dos fatores indispensáveis para atrair populações.
  2. Prosperidade – Nos países ou nas regiões em constante desenvolvimento económico à sempre procura por parte das populações.
  3. Imigração – Nos países mais ricos há sempre grande procura por parte de populações estrangeiras.
  4. Indústria – As indústrias são um fator de atração. Por exemplo, o Barreiro foi durante muito tempo um pólo de atração para pessoas de todo o país.
  5. Comércio – Os grandes mercados comerciais sempre foram fatores de atração. No passado houve localidades que se desenvolveram à custa dos mercados.
  6. Serviços – As cidades com maior número de serviços (Hospitais, escolas, finanças, tribunal) são pólos de atração.
  7. Comunicações – As vias de comunicação (rodoviárias, ferroviárias, marítimas, aéreas e fluviais) fazem desenvolver localidades e são indispensáveis.
  • Fatores Desfavoráveis Físicos.
  1. Clima rigoroso – Especialmente nas regiões do interior que têm grande ATA (Amplitude Térmica Anual – Verãos quentes e Invernos frios) e nas regiões altas onde o clima é rigoroso há pouca população.
  2. Relevo acidentado – Não há grandes concentrações onde os declives são acentuados. É difícil a existência de espaços agrícolas e as próprias construções.
  3. Solo improdutivo – Em solos sem qualquer capacidade para a prática agrícola, a fixação torna-se difícil. Destes solos destacam-se os mais rochosos, os arenosos ou os mais pantanosos. Neste tipo de solos é difícil a prática agrícola.
  4. Subsolo pobre – Em regiões com inexistência de recursos minerais torna-se difícil a presença humana. Mesmo que não sejam minerais ferrosos ou não ferrosos há falta de toalhas freáticas (lençóis de água termal, mineral ou de nascente).
  5. Inexistência de água – A não ser que se canalize é impossível a vida humana.
  6. Vegetação densa – Nas grandes florestas onde a concentração da vegetação (estratos arbóreos, arbustivos ou herbáceos) é muito grande é difícil a fixação humana, a não ser que exista desflorestação.
  7. Riscos naturais – Em regiões sujeitas a constantes catástrofes naturais, o homem tende a sair. As principais catástrofes são: vulcões, sismos (terramotos ou maremotos), furacões ou tufões.
  • Fatores Desfavoráveis Humanos.
  1. Guerras – A própria guerra e as consequências que traz (fome, problemas psicológicos, mortes, epidemias) faz com que a população fuja.
  2. Epidemias – Ao longo da história as epidemias dizimaram muitas vidas. A mais mortífera foi a peste negra.
  3. Emigração – As condições de vida difíceis faz com que as pessoas emigrem.
  4. Agricultura intensiva – Em regiões com grande densidade populacional o homem é obrigado a no mesmo espaço praticar agricultura intensiva (várias culturas em curtos espaços de tempo). Este facto esgota os solos em pouco tempo e obriga populações a deslocarem-se.
  5. Poluição – Em regiões com altos níveis de poluição (sonoro, atmosférico, visual) faz com que o homem não seja atraído a não ser por grande necessidade.
  6. Pobreza – Nos focos ou bolsas de pobreza (do género bairro de lata) à sempre repulsa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s