Distribuição da População no mundo e em Portugal

Distribuição da População no mundo e em Portugal

Distribuição da população

MUNDO (distribuição muito irregular)

  • Principais focos demográficos (zonas de maior concentração demográfica)
    • Sul e Sudeste Asiático
    • Europa central e ocidental
    • Costa atlântica dos EUA

Vazios Humanos (zonas desabitadas ou onde a população é escassa)

  1. Antártica; Gronelândia; Norte do Canadá; Norte da Rússia; Sibéria
Vazios Humanos Causas
1 Temperaturas muito baixas
2 Temperaturas muito altas (secura)
3 Grandes Amplitudes
4 Vegetação muito densa
  1. Saara
  2. Himalaias
  3. Amazónia

EUROPA (distribuição irregulares)

  • Áreas de grande concentração
    • Europa Central e Ocidental (Reino-Unido; Alemanha; Bélgica; França e Holanda)

Fatores atrativos:

Naturais – Climas temperados e húmidos; Relevo geralmente plano e de baixa altitude e o predomínio de solos férteis

Humanos – Agricultura próspera; Grande industrialização e desenvolvimento do setor d comércio e dos serviços. O que tornou estes países ricos.

  • Áreas de pequena concentração

Norte da Europa (Península da Escandinávia)

Fatores repulsivos

Naturais – Clima frio, solos cobertos de neve em grande parte do ano a existência de áreas de relevo mais acidentado.

PORTUGAL

Portugal também apresenta contrastes demográficos, a nível de distribuição da população.

Se dividirmos Portugal por NUT III, verificamos que:

  • Maior concentração da população na faixa litoral ocidental, entre o Minho e a Península de Setúbal
  • Contraste entre o Litoral e o Interior
  • Saliência entre dois pólos de atracão: Lisboa e Porto constituindo assim a bipolarização* da concentração da população.
  • Concentrações importantes em torno dos pólos do Porto (Cávado, Ave, Tâmega, entre Douro e Vouga e Baixo Vouga) e de Lisboa (Península de Setúbal).

Em relação a Portugal Insular, verifica-se uma maior concentração na faixa litoral de ambos os arquipélagos, salientando-se a Madeira com maior densidade populacional do que os Açores.

O território insular apresenta também alguns contrastes:

  • Maior densidade nalguns conselhos da ilha de S. Miguel em relação às restantes ilhas.
  • Grande densidade dos conselhos na parte sul/sueste da ilha em oposição à parte norte e extremidade oeste.

Em redor dos conselhos de Lisboa e Porto existem regiões que acabam também (por relação de proximidade) por se tornar atrativas. A este processo chamamos de urbanização, que se estende para lá do limite daquelas cidades e abrange os seus subúrbios. Assim a concentração da população em redor dos polos atrativos originou as áreas metropolitanas.

Assim a grande concentração de população em torno das duas metrópoles levou à constituição das Áreas Metropolitanas*.

CARACTERÍSTICAS DAS Regiões LITORAIS

Litoralização

Grande concentração de população e das atividades económicas no litoral

Fatores Naturais

  • Clima

No litoral o clima é: Ameno; Mais húmido e ocorre mais precipitação.

O facto de o clima ser Ameno e mais húmido → Solo Fértil → Atividades Agropecuárias

  • Relevo

Quanto ao relevo Portugal apresenta um relevo pouco acidentado

  • Proximidade do mar

A proximidade com o mar e o relevo pouco acidentado provocam boas e mais acessibilidades

Fatores Humanos

  • Concentração das principais indústrias
  • Concentrado dos centros urbanos
  • Boas vias de comunicação e acessibilidades
  • Grande diversidade de equipamentos sociais
  • Grande concentração de mercados consumidores
  • Mão de obra especializada
  • Maior capacidade de atracão de investimentos

O litoral apresenta características para um melhor e mais elevado nível de vida, pois:

Leva a

A população do litoral tem maiores rendimentos e mais acessos aos bens do que a população do interior

Provoca

Êxodo rural e emigração das regiões interiores

  • Despovoamento de interior
  • Envelhecimento da população – Diminuição da natalidade
  • Maior pobreza e atraso
Subaproveitamento dos recursos

Litoral → Sobrepovoamento

Forte pressão sobre as infraestruturas e os recursos

Diminuição da qualidade de vida e degradação dos territórios

Interior → Despovoamento

O que é necessário fazer? = SOLUÇÕES

  • É necessário planear os recursos humanos e naturais
  • Definir estratégias e modelos de desenvolvimento do território
  • Deve haver equilíbrio entre as atividades humanas, os recursos naturais e as infraestruturas.

CARACTERÍSTICAS DAS Regiões Interiores

Fatores Naturais

Fatores repulsivos à fixação de população e das atividades económicas nas regiões interiores

  • Invernos rigorosos
  • Verãos quentes e secos
  • Grandes Amplitudes Térmicas
  • Solos pouco férteis
  • Humidade e precipitação fracas.

Em síntese, as disparidades regionais da distribuição da população resultam da convergência de um conjunto de fatores:

  • Dinâmicas geográficas – refletem, por um lado, a evolução da natalidade, da fecundidade e da EMV, e por ouro lado, os movimentos migratórios (êxodo , emigração, imigração)
  • Dinâmicas económicas – relacionadas com o padrão de distribuição, do investimento público e privado, na indústria e nos serviços na faixa litoral.
  • Padrão de crescimento da urbanização, das áreas metropolitanas e das cidades médias

 

Processo de litoralização

Áreas urbanas do litora

1º Surto
2º Surto

Regresso dos emigrantes

  • Regresso dos ex-colonos
  • Imigração
  • Pequenas cidades do interior
  • Áreas rurais

 

 

 

Capacidade de Carga Humana

O número limite de pessoas que se podem fixar numa região sem por em causa a sua sustentabilidade

Consequências do crescimento populacional das áreas urbanas

Problemas em que ultrapassou o limite de carga humana

  • A expansão de espaços com excessos de construção de edifícios
  • A degradação de muitos bairros nas periferias e nos centros históricos das cidades
  • O aparecimento de estratos da população sem meios para obter uma habitação condigna, levando à construção de bairros de barracas.
  • A insuficiência equipamentos escolares, de saúde e outros de apoio à população
  • A incapacidade de algumas infraestruturas (saneamento básico; acessibilidade; etc) a responderem às necessidades da população
  • A insuficiência de espaços verdes e equipamentos de lazer
  • Aumento de riscos de inundação

Medidas para atenuar as assimetrias regionais

  • Incentivar a localização de novas empresas no interior, através de incentivos fiscais ou da atribuição de subsídios.
  • Investimentos em infraestruturas de transportes que melhorem a acessibilidade das regiões mais isoladas do interior
  • Construção das infraestruturas de captação e distribuição de água e de energia
  • Instalação de pólos universitários em cidades do interior para travar a saída de jovens para estudar nas grandes cidades
  • Instalação de centros de formação profissional procurando aumentar o nível de qualificação

Papel do ordenamento do território na resolução das assimetrias regionais

O ordenamento do território diz respeito às ações que o Estado leva a cabo com os objetivos de melhorar a distribuição da população e as atividades económica. Possibilitando assim:

  • Melhor organização
  • Resposta às necessidades da população
  • Correta gestão dos recursos naturais
  • Proteção ambiental

O ordenamento do território envolve a elaboração prévia, de planos por equipas multidisciplinares (economistas; geógrafos; ect).

Estes planos podem ser de:

  • Âmbito nacional, como os PNOT (Plano Nacional para a Política de Ordenamento do Território)
  • Caráter regional, como mo PROTA (Plano Regional de Ordenamento do Território dos Açores)
  • Âmbito municipal, como o PDM (Plano Diretor Municipal)
  • Planos de pormenor – planos elaborados para áreas específicas da cidade.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s